PT        EN
logo Minit�rio de Minas e Energia
logo Eletrobras

Potencial Eólico - Atlas do Potencial Eólico Brasileiro

Última modificação: 01.12.2015

http://www.cresesb.cepel.br/images/atlas_eolico/Capa-livro_Web2.jpg

Metodologia e Mapas Temáticos 
do novo Atlas do Potencial 
Eólico Brasileiro - Simulações 2013

A nova edição do Atlas do Potencial Eólico Brasileiro- Simulações 2013  cobre todo o território nacional e apresenta dados de velocidade média anual e direção do vento para diversas alturas (30, 50, 80, 100, 120, 150 e 200 metros), tendo como base as simulações realizadas com o modelo de mesoescala Brams e o ajuste dos resultados com dados medidos referentes ao ano de 2013. O objetivo da disponibilização dos dados consolidados do ano de 2013 é apresentar para a sociedade, através da web, os primeiros resultados obtidos no processo de atualização do Atlas do Potencial Eólico Brasileiro publicado em 2001. Diversas funcionalidades para consulta online, em ambiente georreferenciado, já estão disponíveis no site, que também possibilita acesso a arquivos consolidados de toda a base, nos formatos kml e csv. A atualização do Atlas será finalizada após a consolidação das simulações dos anos de 2012, 2014 e 2015, aplicando-se a mesma metodologia de ajuste usada para o ano de 2013, com o objetivo de disponibilizar um ano típico.


Mapa de velocidade média anual a 50 metros de altura no Brasil
Mapa temático de velocidade média anual de vento a 50 m de altura

O Atlas do Potencial Eólico Brasileiro (2001) cobre todo o território nacional. Seu objetivo é fornecer informações para capacitar tomadores de decisão na identificação de áreas adequadas para aproveitamentos eólio-elétricos.

No mundo, a geração eólio-elétrica expandiu-se de forma acelerada ao longo da última década, atingindo a escala de gigawatts. Um dos fatores limitantes para empreendimentos eólicos tem sido a falta de dados consistentes e confiáveis. Uma parte significativa dos registros anemométricos disponíveis pode ser mascarada por influências aerodinâmicas de obstáculos, relevo e rugosidade. A disponibilidade de dados representativos é importante no caso brasileiro, que ainda não explorou esse recurso abundante e renovável de forma expressiva.

O Atlas do Potencial Eólico Brasileiro (2001) apresenta mapas temáticos dos regimes médios de vento (velocidade, direções predominantes e parâmetros estatísticos de Weibull) e fluxos de potência eólica na altura de 50m, na resolução horizontal de 1km x 1km, para todo o País.

 

Base de dados de Vento

O programa consulta dados oriundos do Atlas do Potencial Eólico Brasileiro. Os parâmetros disponibilizados na consulta são: velocidade média sazonal do vento em m/s, fatores C e K da distribuição de Weibull sazonal do vento consolidados a 50m de altura com resolução de 1km x 1km. Este programa possibilita a visualização de dados de vento de pontos próximos da coordenada geográfica inserida pelo usuário.

Outro repositório de dados de vento disponível para consulta é o projeto SWERA (Solar and Wind Energy Resource Assessment). O SWERA fornece fácil acesso a informações e dados alta qualidade de recursos energéticos renováveis para usuários ao redor do mundo. O objetivo é ajudar a facilitar a tomada de decisão sobre políticas e investimentos em energias revováveis, tornando disponível gratuitamente informações de alta qualidade a grupos de agentes chave. Produtos SWERA incluem Sistemas de Informação Geográfica (GIS) e séries de dados temporais, junto com links para ferramentas de otimização de energia necessárias para aplicação desses dados. Esses produtos estão sendo oferecidos por um time de especialistas internacionais e seus parceiros no país. O serviço de visualização e consulta geográfica está disponível em: https://maps.nrel.gov/swera/.

Busca por Coordenada

Desenvolvedores: Bruno Montezano e Sérgio Melo.

A consulta dos dados é realizada a partir da coordenada geográfica (latitude e longitude) do ponto de interesse. O formato númerico de entrada da coordenada geográfica pode ser feita em graus decimais (00.00°) ou graus, minutos e segundos (00°00'00"), conforme a opção selecionada formulário.

Os valores válidos de latitude devem estar na faixa de 12° Norte e 40° Sul e de longitude na faixa de 30° Oeste e 80° Oeste.

Coordenada Geográfica


 °   '   "
    
 °   '   " Oeste

graus decimais (00.00°)
graus, minutos e segundos (00°00'00")
Em caso de dúvida entre em contato conosco.

CRESESB - Centro de Referência para Energia Solar e Eólica Sérgio Brito / CEPEL - Centro de Pesquisas de Energia Elétrica
Av. Horácio Macedo, 354 - Cidade Universitária - Rio de Janeiro - RJ - Brasil, CEP 21941-911
Tel: 55 (21) 2598-6174 / 2598-6187 - Fax: 55 (21) 2280-3537 - E-mail:
(Atendimento de segunda à sexta, das 8:00 às 16:30)

Arte e Desenvolvimento Web: Bruno Montezano, 2014